Tumblelog by Soup.io
Newer posts are loading.
You are at the newest post.
Click here to check if anything new just came in.
claudiofrancis66

Não Existe Caro Ou Barato. Existe Regresso

6 Informações De Marketing No Instagram Pra Clínicas E Consultórios


É comum e forçada a comparação entre João Dória e Donald Trump. Todavia é inegável que ao menos uma coisa o prefeito e o presidente têm em comum. É a dificuldade de ouvir avaliações. E com isto, de diferenciar erros e solicitar desculpas. A deficiência no diálogo é um problema pra cada pessoa.


Mais ainda em gestores. E infinitamente mais em gestores públicos, que são representantes de desejo popular, e lá estão única e exclusivamente como funcionários da população. Como Trump, Dória fala pelos cotovelos. Está o tempo todo nas redes sociais, e gerando ganchos pra aparecer na imprensa. Sua equipe de mídia social esquadrinha a web vinte e quatro horas por dia, à pesquisa de citações positivas, pra alavancá-las, e negativas, para rebatê-las.


Até correto ponto. Quem São Os Homens Que Estão Negociando O Futuro Da Itália vender seu peixe mesmo. Que político quer conceder destaque para o que está indo mal na cidade que administra? Contudo a marcação cerrada da administração Dória contra avaliações vai além do tradicional. Inclusive do tradicional no estado de São Paulo, onde os jornalistas de imediato estão bem acostumados com a figura de Geraldo Alckmin, cuja estratégia de intercomunicação é nunca se esclarecer e nunca solicitar desculpas. Poderá ser uma questão de formação Brasileiros Botam A Boca No Trombone Nas Mídias sociais. O Que Fazer? . Dória é publicitário das antigas. Vê a mídia como um espaço para relações públicas, não questionamento.



Em todos os seus anos como entrevistador, nunca fez uma pergunta que colocasse o entrevistado em uma situação custoso. Seu negócio é networking, é relações públicas. Natural que visualize esta fase na prefeitura como continuação do trabalho que sempre fez. E quem domina sua longa experiência como facilitador de relacionamentos possa render bons resultados pra São Paulo. Entretanto o marketing mudou e Dória parece que não percebe.


Mesmo utilizando todo o arsenal da internet, e tendo uma excelente equipe de mídia social, a impressão é que o prefeito parou no tempo. Ainda vê a intercomunicação como avenida de mão única, em que o anunciante instaura ao freguês como, o quê, no momento em que e por quanto ele deve comprar. 2 casos atuais explicitam o problema do prefeito.


Primeiro, a história dos moradores de rua que teriam sido centro de jatos de água, por esse frio desgraçado. Na verdade a água não foi neles, foi nos cobertores. Quais São As Melhores Hashtags Para Bombar Nas Redes sociais , não foi Dória que mandou fazer isso. E vale recordar que pela gestão Haddad aconteceu alguma coisa semelhante, no momento em que a Guarda Civil retirou cobertores de moradores de avenida em pleno inverno.


  • Módulo VIII- Estratégias no Linkedin - Perfil Organização - Aula Prática
  • Incite emoções
  • Não ajude a divulgar boatos (hoax)
  • Empreendedores que precisam usar a Web pra alavancar seus produtos e serviços
  • Marketing Digital pra Iniciantes
  • IBMEC - Economia
  • Escolha o design e o layout
  • Publique um video ao vivo por dia na mesma hora

No entanto concretamente equipes de zeladoria da prefeitura, e a Guarda Civil Metropolitana, estão recolhendo cobertores, colchões e objetos pessoais de gente que mora na rua. É a conclusão de diversas reportagens, e denunciada pelo respectivo padre Júlio Lancellotti, coordenador da Pastoral do Povo da Avenida. Como Dória deveria ter reagido?


Falou que foi "um desprezo". O prefeito pisou na bola. As reportagens não são obra de moleques. São matérias de veículos como CBN e Folha de S. Paulo. É um caso em que Dória lembra, verdadeiramente, Trump, atacando a imprensa por anunciar "fake news". A repercussão, como se poderá imaginar, está sendo péssima pro prefeito. Um outro caso: uma viatura da Guarda Civil Metropolitana atropelou uma garota de 9 anos pela via Helvétia, na região da Iluminação.


A Helvétia era o epicentro da Cracolândia, que já se acha na esquina da estrada Cleveland com a Praça Júlio Prestes - não acabou, claro, só mudou de espaço. A garota mora por ali. Internet Sela Retorno Dos álbuns Conceituais Como Ferramenta De Marketing pela rua com uma irmã e um comparsa. Teve uma fratura na tíbia da perna direita e lesões no pé esquerdo, joelho e cotovelo. Passou por operação e vai ir por mais uma.


Don't be the product, buy the product!

Schweinderl